O magnésio é um elemento químico de símbolo Mg de número atômico 12 (12 prótons e 12 elétrons) com massa atómica 24 u. É um metal alcalino-terroso, pertencente ao grupo (ou família) 2.

Os compostos de magnésio, principalmente seu óxido, é usado como material refratário em fornos para a produção de ferro e aço também na agricultura, indústrias químicas e de construção.

O magnésio é o sexto elemento mais abundante na crosta terrestre. Não é encontrado livre na natureza, porém entra na composição de mais de 60 minerais, sendo os mais importantes, dolomita, calcita, apatita, biotita, Mg na agricultura, é um  importante macronutriente secundário,  A forma disponível é  Mg++  adsorvida aos colóides do solo. Pela troca de cátions, o íon  Mg++ passa para a solução do solo. sua absorção pode ser reduzida por outros cátions, como o K+, NH4+, Ca++, Mn++, e o H+ (pH baixo).

Função fisiológica:

É um constituinte da molécula de clorofila, necessário a várias reações enzimáticas. Por ser constituinte da clorofila e sua deficiência aparece com um amarelecimento entre as nervuras das folhas mais velhas.

Fertilizantes com Magnésio:

Os calcários magnesianos são a principal  fonte de magnésio para as plantas. Outras formas de acréscimo de magnésio no solos são os fertilizantes:

– Sulfato de magnésio (16% MgO) – aplicação foliar;

– K-Mag (18% MgO);

– Termofosfatos (19% MgO);

– Hidróxido de magnésio (69,1% MgO);

– Fosmag (multifosfato magnesiano – 05% MgO);

– Magnesita (óxido de magnésio – 90-100% MgO);

– Silicato de magnésio (40,2% MgOA).

Deficiência de magnésio nas plantas

O potássio tem bastante mobilidade, na planta o que leva ao aparecimento inicial das deficiências nas folhas mais velhas. Ocorre clorose entre nervuras nas folhas velhas, que se unem e evoluem para coloração mais escura até o marrom, enquanto as nervuras permanecem verdes.

Ecila Maria Nunes Giracca                            José Luis da Silva Nunes

Eng. Agrª, Drª em Ciência do Solo               Eng. Agrº, Dr. em Fitotecnia

Deixe um Comentário